W Notícias

“Agora todos podem ver que não era apenas um discurso”, diz Lula sobre a divulgação das mensagens de Moro

Foram divulgadas conversas entre o ministro Sérgio Moro e o procurador Delta Dallagnol, pelo site The Intercept, 9, domingo. Ao ser informado sobre o conteúdo das conversas, o ex-presidente Lula, comentou que “agora todos podem ver que não se tratava apenas de um discurso”.

A revelação realizada recentemente, “deixa Lula mais confiante sobre provar sua inocência e conseguir sair da prisão”, disseram algumas pessoas que estiveram com o ex-presidente. No dia de hoje, 11, Lula foi visitado por José Roberto Battochio e  Cristiano Zanin, seus advogados.

Ao saírem do prédio da Polícia Federal, eles deram uma entrevista coletiva, na qual disseram que esperam que ao ser realizada a análise do habeas corpus, o STF leve em consideração as revelações sobre a atuação do procurador e juiz diante de suas condutas no caso.

Os advogados do ex-presidente devem incluir no recurso de defesa as informações referentes ao diálogo divulgado no site da Intercept no último domingo, 9 de junho. No entanto, a data ainda não está definida. De acordo com Zanin, a essência serve de base para argumentar a defesa desde que o processo fora iniciado.

“Já tínhamos levantado alguns dados no início, mas esperamos que as novas revelações possam sensibilizar o judiciário e mostrar que Lula não foi julgado de forma justa, independente e como deveria ter sido, imparcial”, disse Zanin.

De acordo com o advogado, o material que foi divulgado a pouco serve como prova de que Sérgio Moro não foi imparcial, pois agiu como “coordenador na acusação”. Fernando Haddad também visitou o ex-presidente nesta terça-feira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.