W Notícias

Depois de ser acusado por estupro, Neymar é blindado pela CBF

Divulgação

Devido a repercussão de acusação por estupro ao jogador Neymar, a Seleção Brasileira instaura silêncio sobre a situação.

Os jogadores da seleção já estavam blindados antes de ser divulgado o B.O (boletim de ocorrência) realizado no sábado, 1 de junho, mas depois do ocorrido, o cerco foi fechado e todos estão evitando esse assunto, pois o mesmo é muito delicado e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende não se envolver, mas ao mesmo tempo tenta prestar apoio a Neymar.

A CBF ainda não fez comunicados sobre a acusação contra a estrela da seleção. Em Granja Comary, todos consideram o tema como uma situação estritamente pessoal do jogador, que é atacante do time Paris Saint-Germain.

Tite, técnico da seleção, também não se posicionou sobre o caso. O técnico está escalado para uma entrevista coletiva hoje, a qual seria realizada terça-feira, 4 de junho, no entanto, fora antecipada.

Como de costume, alguns jogadores foram selecionados para entrevistas que acontecem aos domingos, mas não deram quaisquer comentários sobre a situação do atacante, mesmo diante das perguntas realizadas pelos jornalistas. Além disso, ainda não se sabe o impacto que isso pode causar, uma vez que já sofrem a pressão pela atuação na competição.

A polêmica que envolve o jogador já virou assunto em diversas entrevistas realizadas na Granja Comary e é explícito o incômodo dos atletas em relação às perguntas sobre o assunto. De acordo com Fernandinho, a repercussão do assunto sobre a denúncia já contamina o clima da seleção.

O time deve viajar na terça-feira, 04, durante a noite, para o estado de Brasília, no qual devem jogar em um amistoso contra o Catar na quarta-feira, 05 de junho. “Vamos dar o nosso melhor para que isso não afete o nosso desempenho na partida, nos treinos e nos próximos jogos. Tomara que ele e as pessoas que estão envolvidas, consigam separar os fatos”, disse Fernandinho.

O jogador e também atacante Everton, disse: “A primeira polêmica foi sua saída adiantada do PSG, segundo as dores que sentia no joelho que o impediram de participar de treinos por dois dias e agora isso, a acusação. Pelo nome dele sabemos que tudo vira notícia que toma proporções muito grandes. Mas, acho que Neymar está preparado, ele é maduro em relação a essas situações, pois já foi criticado muitas vezes e em algumas houve excessos desnecessários”.

Os companheiros de campo tentaram nos treinos deste domingo, 02, no Granja comary, mostraram apoio e brincaram com o atacante Neymar, mas ele não estava alegre e mal sorriu. O jogador foi um dos últimos a aparecer no treino e estava ao lado do jogador Gabriel Jesus, Fernandinho, Thiago Silva e Arthur. O comportamento de Neymar no treino foi completamente diferente, no jogo “bobinho” que sempre acontece antes dos treinos e na corrida até o vestiário, mesmo os jogadores tentando descontrair, ele se mantinha sério. Conhecido pelos companheiros como o brincalhão da equipe nesses momentos do treino, Neymar não foi o mesmo nesse domingo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.