W Notícias

MEC sugere corte de pontos dos servidores públicos que participaram de manifestação contra o corte de verbas na educação

O ministério da Educação divulgou em nota dia 30, última quinta-feira, que haverá corte de pontos dos servidores que estiveram na manifestação do corte de verbas. No texto, o MEC afirma que “não é permitido que os servidores participem de quaisquer manifestações no horário de trabalho, o qual deveria estar em desempenho da função para qual fora contratado”.

Mencionou ainda, que os servidores são obrigados a cumprirem a carga horária de trabalho, caso contrário terão o corte em seu ponto por “falta sem justificação”.

O ministro de Educação do MEC, Abraham Weintraub, publicou em seu twitter, rede social, um texto que informou denúncias recebidas no ministério sobre professores que estavam coagindo alunos a ficarem a favor e participarem das manifestações. Os pais desses alunos teriam enviado cartas ao MEC.

Nesta sexta-feira, 31, Weintraub, disse que se houver casos assim é preciso fazer denúncias junto ao ministério, uma vez que “pais, professores, servidores, alunos e responsáveis legais, não podem fazer manifestações ou estimular atos como este em horário de aula”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.