W Notícias

Associação pede que Bolsonaro vete a MP para despache de malas gratuito

Alexandre de Juniac, diretor da Latam (Associação Internacional Transporte Aéreo), enviou uma carta para o presidente da República, Jair Bolsonaro, pedindo pelo veto do despache de malas gratuito. O diretor demonstra preocupação em relação a proibição da cobrança pelo transporte aéreo de bagagens em voos internacionais e domésticos. Juniac fez o pedido como porta-voz de diversas companhias estrangeiras que temem o mesmo.

A companhia Latam já se manifestou contra a Medida Provisória dia 22 de maio, logo após a provação da mesma, a qual também autoriza o investimento ilimitado do capital estrangeiro nas empresas aéreas instaladas no Brasil. A entidade relata que se preocupa com as conquências que a medida pode causar na aviação brasileira e para os consumidores.  

O texto enviado ao presidente, ainda declara que a medida afugenta o interesse de demais empresas internacionais do segmento no país. “Isso prejudica o potencial de aviação comercial no país, o qual já tem o valor do combustível como um dos mais caros do mundo”.

Após seu encontro da associação que é realizado uma vez por ano para conversa com a imprensa, o diretor disse que além de ser um retrocesso, essa medida deixa o país na contramão em relação a atratividade de empresas no segmento aéreo e de baixo custo, incluindo o aumento dos temores relacionados a falta de segurança jurídica”.

A Medida Provisória que inclui a liberação do capital estrangeiro nas empresas aéreas do país em até 100%, além da exclusão da taxa do despacho de bagagens até 23 quilos, ainda aguarda que o presidente a sancione.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.