W Notícias

Câmara busca meios de chegar a um consenso sobre a Reforma da Previdência

Divulgação

Marcelo Ramos, o deputado e presidente da Comissão Especial para o assunto da Reforma, disse neste domingo, 2 de junho, que irá realizar um trabalho com Samuel Moreira, deputado do PSDB, para encontrar meios de chegar a um consenso sobre o projeto.

“Se houve um acordo, possa ser que a votação do texto aconteça antes do previsto, que seria na primeira quinzena de julho. No entanto, não adianta realizar a votação se não houver votos de aprovação. E não temos um acordo até agora. Foram recebidas mais de 270 emendas no texto. Uma delas é a emenda substitutiva que causou grande repercussão por ser do meu partido, no entanto, ela não é exclusiva e deverá ser analisada como as outras”, disse o deputado.

Para Ramos, não existem condições de aprovação para a capitalização que o governo pretende realizar pela Câmara. “Pelas declarações de Paulo Guedes, ministro da Economia, o objetivo do texto é a capitalização sem uma contribuição patronal. Isso não possui clima diante da câmara. A capitalização, como está no texto da reforma, seria um cheque em branco pra o poder executivo poder criar um sistema que não é do conhecimento de ninguém”. Segundo Ramos, o governo ainda não apresentou qual o microdado de custos da transição do regime atual da repartição ao de capitalização.

Ele ainda argumentou: “O valor de transição aponta que haverá o custo variado de R$ 400 bi até R$ 7 trilhões em apenas 10 anos. Portanto, não entendo se o governo não abre o jogo porque não possui ou se a magnitude consegue ser superior a economia que ele mesmo estimou, a qual a reforma propiciaria mais de R$ 1 trilhão no período de 10 anos, como mencionado”.

As declarações de ramos foram realizadas por telefone antes do seu embarque para a capital de Porto Alegre. O deputado está em uma audiência hoje na capital com a Comissão Especial que acontece na Assembléia Legislativa. Diversos sindicatos e entidades também devem participar da mesma. Pela tarde o deputado deve encontrar com Ranolfo Vieira Júnior, governador, partido PTB.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.