W Notícias

Medicações que estavam em falta no Estado, voltam a ser fornecidas pelo Ministério da Saúde

O Estado estava com diversos medicamentos em falta em suas farmácias do governo. Na última sexta-feira, 31 de maio, João Gabbardo dos Reis, secretário da saúde, confirmou o fornecimento de medicações que estavam em falta desde abril deste ano, os quais eram remédios para transplantados, doenças raras e crônicas.

Gabbardo informou que o governo federal comprou os medicamentos e está realizando as distribuições no Estado. O secretário está ocupando o cargo de ministro interino, devido ao fato de Luiz Henrique Mandetta que é o titular, estar representando o presidente da República em eventos fora do Brasil. “Luiz, está representando o nosso presidente num evento no exterior”.

De acordo com o secretário, mesmo assim poderão ocorrer atrasos e medicamentos faltarem em alguns locais, por conta da logística de entrega. No entanto, ele relata ser “algo momentâneo, pois fora essa, não há justificativa para mais atrasos”, afirma Gabbardo.

Segundo o secretário, são mais de 130 medicações oferecidas à população de forma gratuita que são total responsabilidade do Ministério de Saúde, e que a falta já estava presente na pauta quando o novo governo assumiu a posse. Ainda mencionou que o ministério mudou a política de compra dessas medicações, a fim de evitar mais atrasos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.