W Notícias

Leilão para ativos da empresa Avianca deve acontecer em Julho

O leilão direcionado aos ativos da empresa de aviação Avianca Brasil deverá acontecer no dia 10 do próximo mês, de acordo com a decisão do Juiz da 1ª Vara de Falência e Recuperação Judicial do Estado de São Paulo.

O leilão de ativos da empresa foi liberado na manhã da última segunda-feira, 17, que até o momento não tinha data específica para realização. Ricardo Negrão, desembargador e relator desse caso, foi o único contra o leilão dos ativos da Avianca, pois defendeu a ideia de que a disputa deveria continuar suspensa enquanto não havia verificação de um plano de legalidade para recuperação da mesma.

O leilão era desejo da Avianca, o qual a empresa queria que acontecesse no momento em que ainda estivesse operando. No entendo, os voos da empresa foram cancelados no mês de maio pela Anac (Agêncial Nacional de Aviação Civil), por motivos de segurança.

No começo de maior a credora Swissport havia solicitado para o TJ que o leilão fosse suspendido e conseguiu a ação. O plano para recuperar a empresa judicialmente, conta com a criação e o leilão de 7 UPIs (Unidade Produtiva Isolada).

As empresas Gol e Latam assinaram um acordo cm a Elliot, no qual se comprometeram a estar em uma das UPIs, sendo pago por cada uma delas o valor de US$ 35 milhões.

De acordo com Felipe Bonsenso, advogado de Direito Aeronáutico, o leilão traria oportunidades para empresa Avianca e poderi quitar de forma substancial boa parte das dívidas. Levando em consideração o interesse de empresas nas UPIs, o que pode ajudar a explorar slots nos aeroportos mais importantes e o aumento na oferta para passageiros e até mesmo novas empresas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.