W Notícias

Técnico do Grêmio fica feliz por vitória, mas diz que o time “não decolou”

Foto: Itamar Aguiar / Agência Estado

Em jogo contra o Atlético Mineiro o grêmio venceu por 1 a 0, no entanto, teve muitas chances de gol perdidas, o que para Renato Portaluppi, técnico do time, é preciso conter a empolgação, pois mesmo com três pontos no Brasileirão, a equipe “não decolou”.

“A atuação do time foi muito importante, o placar foi aceitável, mas com as oportunidades que o Grêmio criou, o resultado poderia ter sido melhor. Todos se comportaram bem e o desempenho em campo mostrou que quando estamos concentrados durante os 90 minutos de jogo, as coisas fluem para o bem, podemos observar isso hoje. Mas, o time não decolou, as portas do avião ainda nem se fecharam e com o decorrer desse campeonato, nas próximas entrevistas isso será notado”, disse o técnico na entrevista coletiva.

Renato disse que o treino da semana não foi feito apenas de jogo, mas de conversa, de análise, de reuniões que destacavam o quanto a concentração é importante. “Não estar concentrado fez com que o time não fizesse pontuações no último jogo. Eu conversei com eles a respeito disso, que o time é forte, os jogadores são de qualidade, mas que não adiantaria se a concentração não estivesse presente em campo. Deve ser concentrado no jogo completo. Devemos levar gols devido ao mérito do adversário e não porque falhamos. Eu pude ver que a conversa teve um bom resultado nesse jogo”, disse o técnico.

Felipe Vizeu entrou na partida no segundo tempo e foi o responsável pelo gol da vitória, a reutilização de Diego Tardelli foi promovida pelo técnico que explicou o porquê não havia o colocado desde o começo do jogo. “Diego Tardelli jogando em 45 minutos é muito, ele entrando depois, pega seus adversários cansados. Ele no início seria atropelado pelos jogadores, ficaria cansado e não daria bons resultados. Como técnico posso ver isso”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.